Análise de Acidentes, Incidentes e Desvios | Curso - UnIBP

Modalidade

EAD - Ensino a distância


Formato

Transmissão ao vivo

Período

05/10/2021 - 14/10/2021

Horário

A transmissão ao vivo acontecerá das 8h às 12h (Horário de Brasília)

Duração

24h

Sobre o curso

Esse curso também é ministrado nas seguintes modalidades:

Sobre o curso

Acidentes, Incidentes e Desvios são elementos críticos no sistema de gestão de uma organização. Saiba como aplicar métodos para identificar causas básicas e medidas necessárias para correção e prevenção destas ocorrências.

Conheça os conceitos e métodos disponíveis para investigação destes elementos críticos e suas aplicações para identificar causas e medidas corretivas, com o objetivo de controlar os riscos e prevenir ocorrências similares ou da mesma natureza.

O programa, que é composto por diversos módulos, apresenta as Metodologias MCP – Modelo de Causalidade de Perdas, Diagrama de Causas e Efeitos Ishikawa, Árvore de Falhas, entre outras, e propõe exercícios e estudos de caso em grupo para que os alunos possam praticar os conceitos aprendidos.

Ao final, o participante estará apto para conduzir e/ou participar dos trabalhos nas Comissões de Análise de Acidentes, Incidentes e Desvios, determinar as razões e traçar recomendações para que estes eventos não voltem a acontecer, além de cumprir os dispositivos legais acerca do tema.

O curso contempla quatro metodologias distintas e é extensível a qualquer área, em especial meio Ambiente, segurança e saúde ocupacional.

A UnIBP é a universidade setorial, criada para contribuir com o desenvolvimento da indústria de Petróleo e Gás em suas principais necessidades e no tempo do negócio. Se você já atua na indústria ou pretende investir em uma carreira no setor, está no lugar certo.

Confira esse e outros programas de educação continuada da UnIBP.

Oferecemos ainda a flexibilidade de realizar cursos em diversos formatos: presencial, semipresencial, in company, ensino a distância, MBA ou especialização. Verifique as modalidades disponíveis e ingresse na UnIBP. A única formação com a qualidade IBP – Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás.

Programa Técnico

• ANBT/NBR-14.280 (2001);
• ISO-45.001 (2018) – Item A.10.2;
• ILO/OSH (2009), 2ª ed. – Item 3.12;
• IEC-62.740 (2015) – Root Cause Analysis (RCA).

• RTDT (Resolução 06/2001) – Item 47;
• SGSO E&P (Resolução 43/2007) – PG n° 9;
• SGSO Refino (Resolução 05/2014) – PG n° 9;
• SGSS (Resolução 41/2015) – Capítulo 14;
• SGIP (Resolução 46/2016) – PG n° 9.

• Modelo de energias e barreiras de Haddon: Visão geral, pontos fortes e limitações;
• Modelo do queijo suíço de Reason: Visão geral, pontos fortes e limitações;
• Modelo de sistemas de Hammer et al: Visão geral, pontos fortes e limitações;
• Modelo de Causalidade de Perdas de Bird: Visão geral, pontos fortes e limitações;
• Modelo teórico de acidentes de sistemas e processos (STAMP) de Levenson: Visão geral, pontos fortes e limitações.

– Visão Geral:
• Experiência requerida para aplicação;
• Necessidade de ferramentas de suporte;
• Escalabilidade da ferramenta;
• Representação gráfica;
• Reprodutibilidade da técnica;
• Verificação de plausibilidade dos resultados da análise;
• Aspectos de rigor da técnica;
• Representação de sequenciamento temporal de eventos;
• Especificidade da técnica para análise de fatores causais;
• Pontos fortes e limitações da técnica.

– Apresentação da carta MCP para caracterização de:
• Tipologia de acidentes, Causas imediatas, Causas básicas, Desdobramento em elementos do sistema de gestão;
• Uso dos questionários de análise de pertinência para fatores pessoais e de trabalho;
• Processo de condução de uma análise acidente com exemplos resolvidos de emprego da Técnica MCP.

• Exercício em grupo para aplicação simulada da técnica MCP em casos de acidentes.

• Discussão e fechamento do exercício em grupo

– Visão Geral:
• Experiência requerida para aplicação;
• Necessidade de ferramentas de suporte;
• Escalabilidade da ferramenta;
• Representação gráfica;
• Reprodutibilidade da técnica;
• Verificação de plausibilidade dos resultados da análise;
• Aspectos de rigor da técnica;
• Representação de sequenciamento temporal de eventos;
• Especificidade da técnica para análise de fatores causais;
• Pontos fortes e limitações da técnica.

• Processo de condução de uma análise acidente com exemplos resolvidos de emprego da Técnica DCE;
• Exercício em grupo para aplicação simulada da técnica DCE em casos de acidentes;
• Discussão e fechamento do exercício em grupo;

– Visão Geral;
• Experiência requerida para aplicação;
• Necessidade de ferramentas de suporte;
• Escalabilidade da ferramenta;
• Representação gráfica;
• Reprodutibilidade da técnica;
• Verificação de plausibilidade dos resultados da análise;
• Aspectos de rigor da técnica;
• Representação de sequenciamento temporal de eventos;
• Especificidade da técnica para análise de fatores causais;
• Pontos fortes e limitações da técnica.

• Tipos de portas lógicas usuais em investigação de acidentes por FTA;
• Construção do diagrama de FTA e verificação de plausibilidade de causas;
• Processo de condução de uma análise acidente com exemplos resolvidos de emprego da Técnica FTA;
• Possibilidades e benefícios de combinação de FTA com outras técnicas de investigação.

• Exercício em grupo para aplicação simulada da técnica FTA em casos de acidentes;
• Discussão e fechamento do exercício em grupo.

– Visão Geral;
• Experiência requerida para aplicação;
• Necessidade de ferramentas de suporte;
• Escalabilidade da ferramenta;
• Representação gráfica;
• Reprodutibilidade da técnica;
• Verificação de plausibilidade dos resultados da análise;
• Aspectos de rigor da técnica;
• Representação de sequenciamento temporal de eventos;
• Especificidade da técnica para análise de fatores causais;
• Pontos fortes e limitações da técnica.

• Processo de condução de uma análise acidente com exemplos resolvidos de emprego da Técnica ABC;
• Exercício em grupo para aplicação simulada da técnica ABC em casos de acidentes;
• Discussão e fechamento do exercício em grupo.

• Formulação de questionamentos para investigações e análises de acidentes e incidentes;
• Processo de condução de entrevistas para investigações e análises de acidentes e incidentes.

• Informações básicas;
• Análise de causas (Imediatas e Básicas);
• Desenvolvimento de recomendações e conclusões;
• Ações corretivas e preventivas e seus critérios para avaliação de eficácia das medidas;
• Aspectos de aperfeiçoamento e melhoria dos elementos dos elementos de gestão da segurança de processo;
• Discussões de casos.

Corpo Docente

Análise de Acidentes, Incidentes e Desvios

05/10/2021 a 14/10/2021 - A transmissão ao vivo acontecerá das 8h às 12h (Horário de Brasília)

Quero me inscrever

Confira os valores promocionais disponíveis.

INVESTIMENTO

OUTRAS INFORMAÇÕES

O que o curso inclui?

Material eletrônico
Certificado de conclusão
Participação de Mediador

Como obter o certificado

• Assistir todas as aulas ao vivo (as aulas não ficarão gravadas);
• Realização da Atividade Avaliativa com nota mínima de 8 pontos;
• Realização da Pesquisa de Satisfação.

O certificado será liberado automaticamente no AVA após conclusão dos critérios de aprovação.

Inscrições

Até o dia 25/09/2021

Duração

24 h

VANTAGENS DE ESTUDAR NA UnIBP

Inteligência Setorial

Professores de Destaque

Aprendizagem Aplicada

Educação Flexível

Empreendedorismo

Perguntas Frequentes

A Educação do IBP, agora é UnIBP. A Universidade do setor de Petróleo,gás e biocombustíveis que tem por objetivo desenvolver as competências essenciais dos profissionais dessa indústria e assim colaborar para a promoção de um setor competitivo, sustentável, ético e socialmente responsável.

A universidade setorial é a ampliação do já conhecido conceito de universidade corporativa. Nesse sentido, a UnIBP surge como a universidade do setor de petróleo e gás, oferecendo aprendizagem continuada para aqueles que atuam ou desejem migrar/atuar na indústria. Sendo assim, diferentemente de uma universidade corporativa, que tem como objetivo a qualificação do público interno de acordo com a cultura de uma determinada empresa, a UnIBP surge para desenvolver as competências essenciais para o profissional do setor de petróleo e gás, focando, portanto, em um público externo.

Toda a estrutura pedagógica da antiga área de Educação foi reformulada, de forma a atender as necessidades atuais da indústria de Petróleo, Gás e Biocombustíveis. Isso significa dizer que todo o ambiente de aprendizagem foi repensado, para que a UnIBP atue de maneira pró-ativa, centralizada e estratégica para o setor, sendo capaz de desenvolver competências críticas para o negócio das empresas e profissionais que fazem parte das diversas etapas dessa cadeia produtiva.

Desenvolvemos uma metodologia pedagógica estruturada, possibilitando que os alunos tracem seu caminho de carreira com o apoio da UnIBP e que desfrutem de uma Experiência eficiente, moderna e dinâmica. A partir do agrupamento da indústria de petróleo e gás em diferentes blocos, a Universidade se divide em cinco escolas que irão oferecer cursos técnicos e não-técnico: E&P, Midstream e Downstream, Gás e Energia, Tecnologia e Inovação e Escola de Negócios.

Ainda está com alguma dúvida?

Problemas com seu pedido? Não localizou nas perguntas frequentes a solução? Esse espaço foi criado para responder o que você não encontrou e receber suas sugestões.

Talvez você também goste

RECEBA TODAS AS NOVIDADES DA UnIBP

Ao clicar no botão "Enviar", você está concordando com os Termos e Condições da UnIBP.
* Todos os campos acima são obrigatórios.