Análise de Acidentes, Incidentes e Desvios | Curso - UnIBP

Modalidade

EAD - Ensino a distância


Formato

Transmissão ao vivo

Período

05/10/2021 - 14/10/2021

Horário

A transmissão ao vivo acontecerá das 8h às 12h (Horário de Brasília)

Duração

24h

Sobre o curso

Esse curso também é ministrado nas seguintes modalidades:

Sobre o curso

Acidentes, Incidentes e Desvios são elementos críticos no sistema de gestão de uma organização. Saiba como aplicar métodos para identificar causas básicas e medidas necessárias para correção e prevenção destas ocorrências.

Conheça os conceitos e métodos disponíveis para investigação destes elementos críticos e suas aplicações para identificar causas e medidas corretivas, com o objetivo de controlar os riscos e prevenir ocorrências similares ou da mesma natureza.

O programa, que é composto por diversos módulos, apresenta as Metodologias MCP – Modelo de Causalidade de Perdas, Diagrama de Causas e Efeitos Ishikawa, Árvore de Falhas, entre outras, e propõe exercícios e estudos de caso em grupo para que os alunos possam praticar os conceitos aprendidos.

Ao final, o participante estará apto para conduzir e/ou participar dos trabalhos nas Comissões de Análise de Acidentes, Incidentes e Desvios, determinar as razões e traçar recomendações para que estes eventos não voltem a acontecer, além de cumprir os dispositivos legais acerca do tema.

O curso contempla quatro metodologias distintas e é extensível a qualquer área, em especial meio Ambiente, segurança e saúde ocupacional.

A UnIBP é a universidade setorial, criada para contribuir com o desenvolvimento da indústria de Petróleo e Gás em suas principais necessidades e no tempo do negócio. Se você já atua na indústria ou pretende investir em uma carreira no setor, está no lugar certo.

Confira esse e outros programas de educação continuada da UnIBP.

Oferecemos ainda a flexibilidade de realizar cursos em diversos formatos: presencial, semipresencial, in company, ensino a distância, MBA ou especialização. Verifique as modalidades disponíveis e ingresse na UnIBP. A única formação com a qualidade IBP – Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás.

Programa Técnico

• ANBT/NBR-14.280 (2001);
• ISO-45.001 (2018) – Item A.10.2;
• ILO/OSH (2009), 2ª ed. – Item 3.12;
• IEC-62.740 (2015) – Root Cause Analysis (RCA).

• RTDT (Resolução 06/2001) – Item 47;
• SGSO E&P (Resolução 43/2007) – PG n° 9;
• SGSO Refino (Resolução 05/2014) – PG n° 9;
• SGSS (Resolução 41/2015) – Capítulo 14;
• SGIP (Resolução 46/2016) – PG n° 9.

• Modelo de energias e barreiras de Haddon: Visão geral, pontos fortes e limitações;
• Modelo do queijo suíço de Reason: Visão geral, pontos fortes e limitações;
• Modelo de sistemas de Hammer et al: Visão geral, pontos fortes e limitações;
• Modelo de Causalidade de Perdas de Bird: Visão geral, pontos fortes e limitações;
• Modelo teórico de acidentes de sistemas e processos (STAMP) de Levenson: Visão geral, pontos fortes e limitações.

– Visão Geral:
• Experiência requerida para aplicação;
• Necessidade de ferramentas de suporte;
• Escalabilidade da ferramenta;
• Representação gráfica;
• Reprodutibilidade da técnica;
• Verificação de plausibilidade dos resultados da análise;
• Aspectos de rigor da técnica;
• Representação de sequenciamento temporal de eventos;
• Especificidade da técnica para análise de fatores causais;
• Pontos fortes e limitações da técnica.

– Apresentação da carta MCP para caracterização de:
• Tipologia de acidentes, Causas imediatas, Causas básicas, Desdobramento em elementos do sistema de gestão;
• Uso dos questionários de análise de pertinência para fatores pessoais e de trabalho;
• Processo de condução de uma análise acidente com exemplos resolvidos de emprego da Técnica MCP.

• Exercício em grupo para aplicação simulada da técnica MCP em casos de acidentes.

• Discussão e fechamento do exercício em grupo

– Visão Geral:
• Experiência requerida para aplicação;
• Necessidade de ferramentas de suporte;
• Escalabilidade da ferramenta;
• Representação gráfica;
• Reprodutibilidade da técnica;
• Verificação de plausibilidade dos resultados da análise;
• Aspectos de rigor da técnica;
• Representação de sequenciamento temporal de eventos;
• Especificidade da técnica para análise de fatores causais;
• Pontos fortes e limitações da técnica.

• Processo de condução de uma análise acidente com exemplos resolvidos de emprego da Técnica DCE;
• Exercício em grupo para aplicação simulada da técnica DCE em casos de acidentes;
• Discussão e fechamento do exercício em grupo;

– Visão Geral;
• Experiência requerida para aplicação;
• Necessidade de ferramentas de suporte;
• Escalabilidade da ferramenta;
• Representação gráfica;
• Reprodutibilidade da técnica;
• Verificação de plausibilidade dos resultados da análise;
• Aspectos de rigor da técnica;
• Representação de sequenciamento temporal de eventos;
• Especificidade da técnica para análise de fatores causais;
• Pontos fortes e limitações da técnica.

• Tipos de portas lógicas usuais em investigação de acidentes por FTA;
• Construção do diagrama de FTA e verificação de plausibilidade de causas;
• Processo de condução de uma análise acidente com exemplos resolvidos de emprego da Técnica FTA;
• Possibilidades e benefícios de combinação de FTA com outras técnicas de investigação.

• Exercício em grupo para aplicação simulada da técnica FTA em casos de acidentes;
• Discussão e fechamento do exercício em grupo.

– Visão Geral;
• Experiência requerida para aplicação;
• Necessidade de ferramentas de suporte;
• Escalabilidade da ferramenta;
• Representação gráfica;
• Reprodutibilidade da técnica;
• Verificação de plausibilidade dos resultados da análise;
• Aspectos de rigor da técnica;
• Representação de sequenciamento temporal de eventos;
• Especificidade da técnica para análise de fatores causais;
• Pontos fortes e limitações da técnica.

• Processo de condução de uma análise acidente com exemplos resolvidos de emprego da Técnica ABC;
• Exercício em grupo para aplicação simulada da técnica ABC em casos de acidentes;
• Discussão e fechamento do exercício em grupo.

• Formulação de questionamentos para investigações e análises de acidentes e incidentes;
• Processo de condução de entrevistas para investigações e análises de acidentes e incidentes.

• Informações básicas;
• Análise de causas (Imediatas e Básicas);
• Desenvolvimento de recomendações e conclusões;
• Ações corretivas e preventivas e seus critérios para avaliação de eficácia das medidas;
• Aspectos de aperfeiçoamento e melhoria dos elementos dos elementos de gestão da segurança de processo;
• Discussões de casos.

Corpo Docente

INVESTIMENTO

OUTRAS INFORMAÇÕES

O que o curso inclui?

Material eletrônico
Certificado de conclusão
Participação de Mediador

Como obter o certificado

• Assistir todas as aulas ao vivo (as aulas não ficarão gravadas);
• Realização da Atividade Avaliativa com nota mínima de 8 pontos;
• Realização da Pesquisa de Satisfação.

O certificado será liberado automaticamente no AVA após conclusão dos critérios de aprovação.

Inscrições

Até o dia 25/09/2021

Duração

24 h

VANTAGENS DE ESTUDAR NA UnIBP

Inteligência Setorial

Professores de Destaque

Aprendizagem Aplicada

Educação Flexível

Empreendedorismo

Está com alguma dúvida?

Problemas com seu pedido? Alguma informação não ficou clara? Esse espaço foi criado para tirar dúvidas e receber suas sugestões.

Talvez você também goste

RECEBA TODAS AS NOVIDADES DA UnIBP

Ao clicar no botão "Enviar", você está concordando com os Termos e Condições da UnIBP.
* Todos os campos acima são obrigatórios.